Há muito tempo que um músico/produtor não me entusiasmava tanto. Chama-se Nils Frahm, é alemão, e mistura eletrónica com música clássica eximiamente.

Says são seis minutos de tensão coroados por uma maravilhosa apoteose. Uma obra-prima.

comments powered by Disqus
Navegação completa
A carregar...