Há uns bons anos, muito antes de o Michael Jackson ter morrido, ia sendo agredido na saudosa Locomia simplesmente por passar o Billie Jean. Valeram-me os seguranças.

Fundamentalismos palermas da época de ouro da música eletrónica de dança portuguesa com os quais nunca convivi bem.

Hoje, se todos os DJ’s fossem agredidos por cada música cheesy que passassem, poucos poderiam sair à rua sem segurança privada. Ou correriam o risco de andar sempre com os olhos negros.

Definitivamente, equilíbrio é coisa que não nos assiste. À noite, como em muitos outros domínios, andamos sempre no oito ou no oitenta.

comments powered by Disqus
Navegação completa
A carregar...